O SENHOR ESTÁ VOLTANDO!!! Aleluia!!!


É um tempo de preparação para a "Vinda do Senhor".

Primeiro, celebraremos no Natal o Senhor que veio na história: o Evento da Encarnação do Verbo divino"

Ao mesmo tempo, estamos preparando e celebrando o Senhor que virá na Parusia, ou seja, nos fim dos tempos.

Podemos nos preparar para as celebrações com a Novena de Natal em Família ou em Grupos de famílias em nossa Comunidade. Ainda, através do Retiro Espiritual de Advento que pode ser pedido através do E-mail da Parócia (santuariodeourofinomg@yahoo.com.br). Também através de uma boa Confissão. Não podemos nos esquecer das festas de Natal no dia 24 e 25 de Dezembro.

Missa no Dia 24 de Dezembro, 20h00 no Santuário, na Capela de Nossa Senhora das Graças (Jd Patrícia) e na Capela de São Judas Tadeu

Missa do dia do Natal, 25 de Dezembro, 07h30; 09h30 e 18h00 no Santuário; 09h30 na Capela de São Judas Tadeu; 19h00 no Santuário, na Capela de Nossa Senhora das Graça (Jd Patrícia) e na Capela Nossa Senhora do Rosário (Avenida)


CONTAMOS COM SUA PRESENÇA! FELIZ NATAL PARA TODOS!

Sábado Santo

Vigília Pascal.
A noite do Sábado Santo é a "mãe de todas as vigílias",
a celebração central de nossa fé, nela a Igreja espera,
velando, a ressurreição de Cristo, e a celebra nos sacramentos.

A liturgia da Noite Pascal tem as seguintes partes:
Celebração da Luz, Liturgia da Palavra,
Liturgia Batismal e Liturgia Eucarística.
O tesouro maior da liturgia encontra-se, pois,
nas celebrações desta noite.

O Tríduo Pascal ecerra-se então com as
Vésperas do Domingo da Ressurreição.
Às 20h haverá a Missa da Vigília Pascal no

Santuário e na Igreja de N. Sra. das Graças.

Sexta-feira Santa

Dia de penitência, jejum e abstinência de carne.
Em silêncio e oração recordamos a Paixão e Morte
de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Na Sexta-feira Santa a Igreja não celebra a Eucaristia.
A Morte de Cristo é recordada por uma celebração
da Palavra de Deus, constando de leituras bíblicas,
de preces solenes, adoração da cruz e comunhão sacramental.

Neste dia haverá adoração ao Santíssimo Sacramento
das 6h às 14h no Santuário
6h Procissão da Penitência - saindo do Santuário
até a Capela São Miguel, no Cemitério
9h Via-Sacra da Catequese Paroquial no Santuário
Às 15h Celebração da Vigília da Paixão do Senhor,
adoração da Santa Cruz e Comunhão no Santuário.
Às 19h encenação do descimento da Cruz, Sermão
das Chagas de Cristo e procissão
com a Imagem do Senhor Morto
pelas ruas da cidade.

Quinta-feira Santa


É na Quinta-feira Santa que começa o Tríduo Pascal.
O Tríduo não é - saibamos - um tríduo que nos prepara para o
Domingo da Páscoa, mas um tríduo celebrativo do Mistério Pascal
de Cristo, que culmina no domingo, "Dia do Senhor".
Trata-se, pois, de uma única celebração, em três momentos distintos,
o que ainda não é devidamente compreendido por muitos.
Santo Agostinho o chama de sacratíssimo
tríduo do Senhor sepultado e ressuscitado.

Na véspera de sua paixão, Cristo orou no
Monte das Oliveiras (Cf. Mt 26,36) e teve sua
paixão concretamente iniciada.
Desejando ardentemente celebrar a páscoa
com os seus discípulos (Cf. Lc 22,14-15),
ele então os reúne e com eles celebra a Ceia Santa.

Sua morte sacrifical é aqui antecipada sacramentalmente, isto é,
sua entrega na cruz, que aconteceria no dia seguinte,
aqui se faz real e misticamente, em mistério, pois a antecipação
sacramental da própria morte está fora das estreitezas
da ação puramente humana.

A Eucaristia, verdadeiro sacrifício e sacramento da eterna redenção,
é então nesse dia instituída, como também é instituído
o sacerdócio ministerial ordenado e promulgado o
mandamento novo do amor.

Celebrações no Santuário na Quinta-feira Santa:
15h e 19h30min.

Após a missa das 19h30min haverá adoração
ao Santíssimo Sacramento até meia noite.